Damares diz que posição do Brasil é “pró-vida” Featured

Ministra se reuniu com parlamentares do Partido Celeste Provida para buscar parcerias.

No parlamento argentino, a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, declarou que a ” luta pró-vida do Brasil e [da] Argentina já é grande, estamos unidos há muito tempo, uns se inspirando nos outros”. A declaração foi dada nesta quinta-feira (29) em Buenos Aires, onde se reuniu com parlamentares do Partido Celeste Provida, na Câmara dos Deputados da Argentina.

O objetivo do encontro foi de firmar firmar parcerias em defesa da vida desde a concepção, a ministra disse que a posição oficial do Brasil é pró-vida. Ela também falou que o tema está em debate no Legislativo e no Judiciário, mas que a sua posição é pró-vida.

“Este governo defende a vida desde a concepção”, disse. “O debate do aborto no Brasil está em dois seguimentos. Ele está no Legislativo, onde temos propostas sendo discutidas, e no Judiciário. O Executivo não vai fazer interferência e, como ministra, não faço a militância. A minha história é conhecida, a minha posição pró-vida é conhecida”, disse.

 

O partido argentino, Celeste Provida, é o primeiro do país que nasce com o objetivo principal defender a vida humana desde a concepção até a morte natural, sendo taxativamente contra o aborto. Segundo a EBC, Damares busca firmar parcerias para defender o direito a vida.

Aborto

Bolsonaro sempre se colocou contra a interrupção da gravidez, sendo este um dos temas que levou as principais lideranças religiosas do país a apoiar sua candidatura. A declaração da ministra reforça essa posição do governo, que representa uma mudança na postura oficial do país nos órgãos internacionais.

A ministra já havia declarado em outra ocasião, que apesar de o Estado ser laico, ela não é, por isso é contra o aborto. “O Estado é laico, mas eu não”, disse durante a sessão da Comissão de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência.

Rate this item
(0 votes)

Deixe um comentário em nosso mural

Certifique-se de inserir todas as informações necessárias, indicadas por um asterisco (*). Código HTML não é permitido.

Notícias Recentes

CURTA NOSSA PÁGINA

Imagens Notícias

Campo Grande terá toque de recolher às 21h, horário do comércio ampliado e blitze

Coronavírus: Rússia deve realizar vacinação em massa no começo de 2021

Maior parte das UTIs de Campo Grande está ocupada com vítimas de violência

Justiça mantém internação de adolescente que roubou mulher a caminho do trabalho

Promoção: Quarto dos Meus Sonhos

Em casa: saiba como melhorar o rendimento nos estudos durante a pandemia

Coronavírus: casos se aproximam de 1,3 mi na Índia e Espanha fala em 2ª onda de infecção

Pedido de desculpas não livra de punição desembargador que humilhou o guarda

Oi fecha acordo para venda e pode virar operadora de redes