Ex-militar pode ter sido morto com enxada por causa de irmão dedo-duro Featured

A Polícia Civil descobriu que o assassinato do ex-militar do Exército Brasileiro Dener de Oliveira Gomes, de 23 anos, pode ter sido motivada por vingança, e não por ciúmes, conforme revelado inicialmente. De acordo com o delegado Sérgio Luiz Duarte, da 2ª Delegacia de Polícia Civil de Campo Grande, responsável pelo inquérito, a vítima teria sido assassinada porque o irmão supostamente entregou Lucas dos Santos Batista, de 30 anos, o principal suspeito.

O delegado explicou que, com base nos relatos das primeiras testemunhas, a principal hipótese era de crime passional, tendo em vista que Dener estaria se relacionando com a namorada de Lucas enquanto ele estava preso. No entanto, após a prisão de Lucas nesta terça-feira, surgiu a informação de que Dener foi assassinado em razão de uma discussão envolvendo o irmão.

A vítima, Lucas, Dário Demétrio dos Santos, de 25 anos, e Marcos André Malheiros, estavam em uma residência na Vila Nasser, quando se desentenderam. O motivo da desavença seria porque Lucas anteriormente havia sido foi preso por causa do irmão da vítima, que havia o dedurado, conforme relatado pelo delegado.

Os ânimos se exaltaram e, ao que tudo indica, Lucas, Dário e André passaram a agredir Dener com socos e chutes. A vítima foi atacada com cabo de enxada e em seguida asfixiada até a morte com um fio. Após o crime, o trio colocou o corpo em uma lona e o levou a cerca de 100 metros da casa, onde o deixou na rua.

O delegado reforçou ainda que a namorada de Lucas foi ouvida e negou ter tido envolvimento com Dener. A mulher de Dário, que estava em outro cômodo da casa com os dois filhos, disse não ter ouvido a discussão.

 Midia Max

Lucas foi preso, pois já estavam com mandado de prisão em aberto. Dário se apresentou, prestou esclarecimentos e foi liberado. André, por sua vez, não foi localizado. Lucas diz que não matou a vítima, alegando que os responsáveis pela agressão foram Dário e André. Dário, no entanto, diz que não cometeu o crime aponta Lucas e André como autores. O delegado ainda aguarda laudos de corpo de delito e de local de crime. A lona e a enxada também serão periciadas.

Rate this item
(0 votes)

Deixe um comentário em nosso mural

Certifique-se de inserir todas as informações necessárias, indicadas por um asterisco (*). Código HTML não é permitido.

Notícias Recentes

CURTA NOSSA PÁGINA

Imagens Notícias

Homem é executado com 3 tiros dentro de veículo

Lista do Não me Perturbe já tem mais de 600 mil pessoas

Acordo entre Vale e MPT indenizará famílias de vítimas de Brumadinho

São Paulo confirma 384 casos de sarampo de janeiro a julho

Operação prende 11 acusados de construir imóveis na Muzema

JOVENS SÃO EXECUTADOS A TIROS DE FUZIL DURANTE A MADRUGADA NA FRONTEIRA COM O MS

Chuva depois de 10 dias traz alívio para o ar seco na Capital

SUPOSTO INTEGRANTE DO PCC E EXECUTADO A TIROS NA FRONTEIRA

Cuidado: , Idoso é surpreendido com empréstimo de quase R$ 13 mil