Lançamentos imobiliários cresceram 4,2% no primeiro trimestre Featured

Os números são da Câmara Brasileira da Indústria da Construção.

Os lançamentos imobiliários no país tiveram aumento de 4,2% no primeiro trimestre de 2019 na comparação com o mesmo período do ano passado, aponta levantamento da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC). Em relação ao último trimestre de 2018, no entanto, houve queda de 62,5%. As vendas, por sua vez, cresceram 9,7% nos três primeiros meses do ano em relação ao primeiro trimestre do ano passado, e caíram 18,9% em relação ao último trimestre de 2018.

De acordo com a entidade, os melhores indicadores do setor são verificados nos trimestres pares, o segundo e o quarto, e por isso a diferença em relação aos meses imediatamente anteriores. “Há uma tendência clara do aumento de lançamento, do aumento de vendas [nos trimestres pares]”, disse José Carlos Martins, presidente da CBIC.

A oferta final disponível, outro indicador que compõe o levantamento, registrou queda de 8,6% em relação ao primeiro trimestre de 2018, com um total de 120.422 unidades. Desse total, 29% são de imóveis prontos, 47% em construção e 24% na planta. Em relação ao mesmo período do ano passado, houve queda no número de imóveis prontos para venda, de 32% para 29%.

“Para nós é muito importante esses 3%, significam aproximadamente 3,5 mil unidades que estavam prontas, estavam no patrimônio das empresas, na dívida delas, e é importante que os imóveis prontos vão se reduzindo”, avaliou Celso Luiz Petrucci, presidente da Comissão da Indústria Imobiliária da CBIC.

Na análise por região, a maioria das unidades foi lançada no Sudeste, com 46,8% do total e foi responsável pela venda de 52,6%. Em seguida está o Nordeste, onde foram lançadas 26,6% do total de unidades e vendidas 23,1%. O Sul lançou 14,2% e vendeu 13,7% das unidades disponíveis. No Centro-Oeste foram lançadas 10,9% das unidades e vendidas, 7,9%. A região Norte reuniu 1,5% dos lançamentos e 2,4% das vendas.

O levantamento foi feito em 23 regiões em todas as partes do país, que representam 41% do mercado imobiliário.

Edição: Fernando Fraga

Por Camila Maciel - Repórter da Agência Brasil

Rate this item
(0 votes)

Deixe um comentário em nosso mural

Certifique-se de inserir todas as informações necessárias, indicadas por um asterisco (*). Código HTML não é permitido.

Notícias Recentes

CURTA NOSSA PÁGINA

Imagens Notícias

Foragido da justiça Paulista é executado em Ponta Porã

ACIDENTE GRAVE NA BR 463 EM PONTA PORÃ

Bolsonaro analisará possíveis vetos a projeto de abuso de autoridade

Governo anuncia plano nacional de “Internet das Coisas”

Governo vai definir medidas para uso de tecnologias digitais no campo

8ª Black Friday Fronteira lançada em Campo Grande nesta sexta-feira

PMR E DOF FECHAM ESTRADAS E RETIRA CARROS USADOS NO CONTRABANDO E DESCAMINHO

Atletas da Melhor Idade de Ponta Porã participam dos Jogos da Melhor Idade em Nova Andradina

PRIMEIRA-DAMA DE PONTA PORÃ ENTREGA AGASALHOS DO PROGRAMA “MÃOS QUE FAZEM”