PISTOLEIROS INVADEM RESIDÊNCIA E EXECUTAM UM A TIROS EM PONTA PORÃ Featured

Pistoleiros invadem residência e executam jovem com passagem pela polícia a tiros em bairro situado na cidade de Ponta Porã.

O mesmo foi identificado como, Gabriel Rosa Miranda (19) que na tarde de sábado (10) por volta das 16:30hs, se encontrava na residência situada na rua dos Bandeirantes no bairro Altos da Gloria em Ponta Porã se preparando para assistir um jogo de futebol na televisão, momento que pistoleiros a bordo de uma motocicleta chegaram ao local e ao encontrar o portão aberto ingressaram a residência, onde realizaram cinco disparos de pistola do calibre 9mm contra a vitima que faleceu antes mesmo de receber auxílio médico.

Populares imediatamente alertaram sobre o caso a Policía Militar que após constatar a veracidade do caso, isolaram a área até a chegada dos agentes da Polícia Técnica e dos investigadores do SIG (Setor de Investigações Gerais) coordenado pela delegada Dra. Mariane de Souza que realizaram os procedimentos de praxe e encaminharam o corpo ao IML para posterior entrega aos familiares.

A execução do jovem poderia ter relação com um ajuste de contas do narcotráfico, mas a policia não descarta nenhuma hipótese que será investigada pela Segunda delegacia de Polícia Civil em Ponta Porã.

 

 

Fonte: redacao poranews

Rate this item
(0 votes)

Deixe um comentário em nosso mural

Certifique-se de inserir todas as informações necessárias, indicadas por um asterisco (*). Código HTML não é permitido.

Notícias Recentes

CURTA NOSSA PÁGINA

Imagens Notícias

Estudo identifica que cloroquina aumenta risco de arritmia cardíaca

No Brasil, coronavírus mata mais que diabetes, AVC e câncer de mama

Com 50 casos ao dia, é assustador ver gente sem máscara nas ruas de MS, diz secretária

MS chega a 805 casos de coronavírus com avanço exponencial e 59 positivos nas últimas 24 horas

5 técnicas para fechar uma boa compra de um apartamento no Morumbi

Frente fria se aproxima e previsão indica chuva em MS nesta quinta-feira

Desobediência ao toque de recolher leva 20 pessoas para a delegacia de Itaporã

Paraguai autoriza reabertura gradual do comércio na fronteira

Defensoria Pública realizou 14 mil atendimentos em MS