Trecho interditado por segurança teve início dia 10 de junho e entregue em menos de 60 dias.

A obra na rua Comandante Cardoso está concluída e liberada para o tráfego de veículos desde o final da tarde de domingo, dia 06. A lama asfáltica permitindo sua liberação foi posta no fim de semana e agora, faltam apenas detalhes para que seja oficialmente entregue. Mas o trânsito de veículos já está liberado.

A rua havia sido interditada em janeiro, quando logo após assumir o prefeito Hélio Peluffo detectou problemas com a segurança da via. Uma cratera estava sendo aberta na tubulação existente até então e a erosão estava ameaçando desabar a qualquer momento, podendo vir provocar uma tragédia com sequelas irreparáveis.

A via, uma das mais importantes ligações para os moradores dos bairros da Granja, Cohab e Jardim Aeroporto, foi interditada porque a tubulação utilizada para a condução dá água do córrego existente no local estava totalmente deteriorada. Frequentemente vinham ocorrendo deslizamentos de terra que, com o passar do tempo, contribuiriam para um desabamento de toda a estrutura, colocando em risco a vida das pessoas. Esta situação foi provocada pela absoluta falta de manutenção nos últimos anos.

O prefeito Hélio Peluffo enfatizou a prioridade na execução da obra, feita dentro do cronograma pré-estabelecido após os trâmites legais para a liberação dos recursos. A obra na rua comandante Cardoso teve início no dia 10 de junho e menos de 60 dias a via já está liberada novamente para o tráfego de veículos. 

A empresa Conseng Consultoria, Engenharia e Incorporações LTDA foi a responsável pela obra. A reconstrução da ponte da Rua Comandante Cardoso, sobre o Córrego São Estevão, resolve um grande problema para os moradores da localidade. A situação precária da tubulação sob a Rua Comandante Cardoso, principal ligação de bairros como a Cohab e Jardim Aeroporto com o centro da cidade, fez com que a Defesa Civil do município promovesse a interdição parcial da via. Por falta de manutenção a tubulação afundou e havia perigo para motoristas e pedestres, uma cratera se abriu por baixo da rua e o barranco ficou a 3 metros do asfalto.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA